Passageiros de cruzeiro são resgatados em ação de emergência na Noruega

Like and share

As autoridades norueguesas investigam por que um navio de cruzeiro com mais de 1.300 pessoas seguiu viagem apesar das péssimas condições climáticas e avisos de tempestade, forçando uma evacuação.

Funcionários noruegueses devem investigar por que o navio de cruzeiro Viking Sky, na foto, navegou em condições de “alto risco”, forçando uma evacuação

Mais de 400 pessoas tiveram que ser resgatadas do navio de cruzeiro Viking Sky, depois de ter sofrido problemas com o motor na costa norueguesa no sábado e ter sido visto a quase 45 graus.

O Conselho de Investigações de Acidentes da Noruega disse que “o alto risco que o navio, seus passageiros e tripulação foram expostos nos fez decidir investigar o incidente”.

Equipes de resgate esperam para ajudar os passageiros que foram levados de helicóptero do navio de cruzeiro Viking Sky no domingo.

O proprietário da empresa pediu desculpas aos convidados pela situação, enquanto um porta-voz da Viking Cruises disse que a empresa estaria dando todo o suporte a investigação.

Passageiros reunidos em uma sala com coletes salva-vidas depois que o navio de cruzeiro teve problemas na costa norueguesa

Investigadores estão indo para a cidade de Molde hoje, onde o imenso navio está agora atracado depois que voltou ao porto ontem à noite com três de seus quatro motores funcionando.

A polícia norueguesa disse que não havia suspeita de crime, mas estava investigando por que o navio teve problemas no motor.

Fotos do tamanho do estrago causado pela tempestade
Um passageiro disse: “Poderíamos ver que estávamos sendo levados em direção a algumas pedras”
Uma foto de dentro do navio de cruzeiro mostra a inclinação do navio para um lado

Funcionários do navio não souberam dizer quanto tempo o navio permaneceria em Molde, onde a empresa de cruzeiros disse que “a maioria dos hóspedes” havia desembarcado na segunda-feira à tarde.

Um porta-voz da Viking Cruises disse: “Já começamos nossa própria investigação interna e nosso objetivo é estabelecer uma compreensão completa dos fatos, e apoiamos as investigações”.

O bilionário proprietário da empresa, Torstein Hagen, pediu desculpas aos convidados, dizendo que “os últimos dias foram estressantes e agitados”.


Like and share