Pânico em jogo de futebol americano

Like and share

Uma briga em um jogo de futebol americano na escola de Arkansas, nos Estados Unidos, causa pânico depois que se ouviu disparos no estádio.

38.000 pessoas que estavam assistindo ao jogo no estádio saíram correndo em desespero.

A correria comecou depois de se ouvir disparos.

O pandemônio que tomou conta do estádio aconteceu  na noite de sábado no jogo Salt Bowl de 2018, onde as escolas de ensino médio Bryant e Benton se enfrentaram no War Memorial Stadium, em Little Rock.

38.000 pessoas evacuram o estadio depois de terem ouvido um tiro.

Um recorde de público com 38.000 torcedores estava presente. Mas o jogo foi repentinamente interrompido quando uma briga aconteceu, sons de tiro foram ouvidos, e a multidão correu em direção às saídas gritando “arma”.

Mais tarde, policiais revelaram que os disparos não partiram de uma arma de fogo, mas sim de uma arma de efeito moral que dispara sem munição.

Familias com criancas, estudantes e jogadores entraram em panico e fugiram do estadio

Um vídeo do estádio de futebol foi postado no Twitter e mostra pessoas gritando e correndo em direção às saídas. As autoridades locias disseram que  ‘Não houve nenhum incidente de tiroteio no War Memorial Stadium. Houve uma briga que causou ferimentos leves. ”A polícia e o Departamento de Parques e Turismo do Arkansas divulgaram mais tarde um comunicado dizendo que não se sabe ainda quem são os responsáveis por terem participado da briga.

Estadio onde ocorria o jogo

Shane Broadway, membro do comitê do Salt Bowl, disse que está arrasado com o incidente. ‘Quem causou isso precisa ser identificado e julgdo por isso. Os jovens perderam a noite hoje, eles que trabalharam duro o verão inteiro para jogar em um jogo de futebol que significa muito para ambas as comunidades”, disse ele.


Like and share