Carros com limitadores de velocidade obrigatório a partir de 2022 na Europa

Todos os carros novos serão equipados com limitadores de velocidade a partir de 2022, sob rígidas regras de segurança da UE.

A tecnologia pode responder às mudanças de zona e restringir a velocidade máxima do veículo

As caixas pretas da Assistência Inteligente à Velocidade (ISA) usarão o GPS para determinar qual é o limite de velocidade e, a partir dai, garantirão que o carro não a ultrapasse.

Novos modelos precisarão ter um ISA como padrão dentro de três anos após a aprovação da legislação pela Comissão Européia.

Isso incluirá carros na Grã-Bretanha, mesmo que o Brexit aconteça porque a Agência de Certificação de Veículos do Reino Unido disse que ainda atuara segundo as regras da UE.

O presidente do AA, Edmund King, disse que o melhor limitador de velocidade é o pé direito do motorista, pois ele criticou a proposta de introdução dos sistemas de Assistência Inteligente à Velocidade em todos os carros novos

Mas o presidente do AA, Edmund King, disse que a tecnologia pode tornar os carros menos seguros e que o “melhor limitador de velocidade é o pé direito do piloto” quando usado “para andar na velocidade certa e na situação certa”.

“A velocidade certa é muitas vezes abaixo do limite de velocidade, por exemplo, em uma zona de escola com crianças ao redor, mas com a ISA pode haver uma propenção de ir na velocidade máxima permitida, o que pode não ser apropriado”, disse ele.

Um velocímetro da Ford mostra um ISA em ação, com o limite de velocidade ajustado automaticamente em 40 mph

“Às vezes, andar um pouco acima da velocidade permitida também ajuda a manter a segurança na estrada, por exemplo, ultrapassando um trator em uma estrada rural ou entrando em uma rodovia.”

O projeto de lei inclui uma série de novas medidas de segurança que agora estão sujeitas à aprovação formal do Parlamento Europeu e dos estados membros da UE em setembro.

Os carros terão que ser equipados com sistemas de segurança, como registradores de dados, frenagem de emergência autônoma, assistência de pista, detecção de fadiga do motorista e câmeras ou sensores de reversão.

Todos os novos modelos precisarão de um sistema de bafômetros no carro para motoristas que ja tenham sido condenados por conduzir sob o efeito de alcool no passado.

A Volvo limitará eletronicamente a velocidade máxima de todos os seus veículos a 112 km / h no próximo ano

A tecnologia ISA funciona em conjunto com câmeras de reconhecimento de sinais de trânsito e dados de GPS para determinar o limite de velocidade na estrada em que o veículo está sendo conduzido.

O sistema pode então ajustar automaticamente a velocidade máxima restrita, limitando a potência do motor.

O Conselho Europeu de Segurança dos Transportes (ETSC) solicitou que todos os carros tivessem um interruptor para ligar ou desligar o ISA, embora cada vez que um veículo seja ligado o recurso estará automaticamente ativo.

Ele irá instantaneamente dizer ao motorista para reduzir sua velocidade quando eles estiverem infringindo a lei.

E é improvável que o Brexit salve os motoristas do Reino Unido da chegada desses limitadores, pois a homologação de veículos espelhará a UE

Se o motorista continuar a dirigir acima do limite de velocidade por alguns segundos, o sistema deve soar um alerta por alguns segundos e exibir um aviso visual até que o veículo esteja operando no limite de velocidade ou abaixo dele, disse o conselho de segurança de transporte.
É provável que o conselho pressione para que não haja um interruptor para os limitadores, uma vez que os motoristas se acostumarem com os sistemas

A legislação entrará em vigor a partir de maio de 2022 para modelos que ainda não foram aprovados para produção e maio de 2024 para carros novos atualmente à venda.

O conselho tem pressionado pela introdução da tecnologia de limitação de velocidade, alegando que ajudará a reduzir as mortes na estrada em todo o continente

De acordo com suas estimativas, os limitadores poderão reduzir os acidentes de transito em 30%, economizando  até 25.000 vidas nos primeiros 15 anos de vigência.

Passageiros de cruzeiro são resgatados em ação de emergência na Noruega

As autoridades norueguesas investigam por que um navio de cruzeiro com mais de 1.300 pessoas seguiu viagem apesar das péssimas condições climáticas e avisos de tempestade, forçando uma evacuação.

Funcionários noruegueses devem investigar por que o navio de cruzeiro Viking Sky, na foto, navegou em condições de “alto risco”, forçando uma evacuação

Mais de 400 pessoas tiveram que ser resgatadas do navio de cruzeiro Viking Sky, depois de ter sofrido problemas com o motor na costa norueguesa no sábado e ter sido visto a quase 45 graus.

O Conselho de Investigações de Acidentes da Noruega disse que “o alto risco que o navio, seus passageiros e tripulação foram expostos nos fez decidir investigar o incidente”.

Equipes de resgate esperam para ajudar os passageiros que foram levados de helicóptero do navio de cruzeiro Viking Sky no domingo.

O proprietário da empresa pediu desculpas aos convidados pela situação, enquanto um porta-voz da Viking Cruises disse que a empresa estaria dando todo o suporte a investigação.

Passageiros reunidos em uma sala com coletes salva-vidas depois que o navio de cruzeiro teve problemas na costa norueguesa

Investigadores estão indo para a cidade de Molde hoje, onde o imenso navio está agora atracado depois que voltou ao porto ontem à noite com três de seus quatro motores funcionando.

A polícia norueguesa disse que não havia suspeita de crime, mas estava investigando por que o navio teve problemas no motor.

Fotos do tamanho do estrago causado pela tempestade
Um passageiro disse: “Poderíamos ver que estávamos sendo levados em direção a algumas pedras”
Uma foto de dentro do navio de cruzeiro mostra a inclinação do navio para um lado

Funcionários do navio não souberam dizer quanto tempo o navio permaneceria em Molde, onde a empresa de cruzeiros disse que “a maioria dos hóspedes” havia desembarcado na segunda-feira à tarde.

Um porta-voz da Viking Cruises disse: “Já começamos nossa própria investigação interna e nosso objetivo é estabelecer uma compreensão completa dos fatos, e apoiamos as investigações”.

O bilionário proprietário da empresa, Torstein Hagen, pediu desculpas aos convidados, dizendo que “os últimos dias foram estressantes e agitados”.

Petição pedindo o cancelamento do Brexit tem quase 3m de assinaturas

Uma petição solicitando que a Primeira Ministra da Grã Bretanha, Theresa May cancele o Brexit, está perto de alcançar quase três milhões de assinaturas.

O documento, vinculado ao site do Parlamento Britânico, pede a revogação do artigo 50, registrado por UK no dia 29 de março de 2017 no Congresso Europeu, oficializando a intenção de deixar a União Europeia, hoje composta por 28 países.

Nesta quinta (21), Theresa May esteve reunida com líderes da União Europeia em Bruxelas, onde conseguiu a aprovação de um prazo maior para a saída do Reino Unido do grupo econômico. O Reino Unido deveria deixar a União Europeia no dia 29 de março, mas precisa de mais tempo.

Theresa May se reúne com líderes da UE em Bruxelas

Porém, durante entrevistas para a mídia, Theresa May deixou claro que não pretende revogar o artigo 50 e cancelar o Brexit, frisando que foi uma escolha popular.

A petição que alcança números expressivos pode ser assinada por cidadãos Britânicos ou por residentes. Dados do assinante são solicitados para que a assinatura tenha validade. Apesar de estar chamando a atenção da mídia e vir ao encontro daqueles que não querem que UK deixe a União Europeia, o documento não está tendo grande importância no parlamento e pode não influenciar no rumo das negociações.

Theresa May deixou claro que não pretende revogar o artigo 50 e cancelar o Brexit

Ainda assim, o Comitê de Petições do Parlamento twitou sobre a petição dizendo que a taxa de assinaturas era uma das mais altas já alcançada pelo site. O site da BBC News também deu destaque nesta semana para a petição, trazendo uma reportagem completa sobre o tema do Brexit, que neste momento divide o país e está gerando muita discussão entre os parlamentares Britânicos.

Britânicos foram as urnas no referendo que aconteceu em 23 de junho 2016

Em 2016 um documento similar alcançou quatro milhões de assinaturas, mas acabou sendo cancelado porque foi descoberta uma fraude, comprovando que muitos votos haviam sido forjados.
O referendum sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia foi feito no dia 23 de junho de 2016 e teve 52% dos votos válidos favoráveis à saída e 42% dos votos contrários.

por Christina Ramires, jornalista.

Ex-presidente Michel Temer é preso na operação Lava-Jato

Michel Temer é preso pela Lava Jato

A  Operação Lava Jato prendeu na manhã desta quinta-feira, 21, o ex-presidente da República Michel Temer (MDB).

Três carros descaracterizados deixam a casa do ex-presidente, no Alto de Pinheiros. As informações são do jornal “O Estado de S. Paulo”. De acordo com a Polícia Federal, o ex-presidente deve passar por exame de corpo de delito e depois deve ser levado ao aeroporto de Congonhas, onde embarca com os policiais para o Rio de Janeiro.

Segundo informações, o ex-ministro Moreira Franco também é alvo de um mandado de prisão preventiva emitido pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro.

Ingressos esgotados deixam fãs de Sandy & Junior desapontados

Nesta quarta-feira, 20, começou a pré-venda da turnê de Sandy & Junior, Nossa História. Os irmãos voltarão a se apresentar juntos depois de dez anos.

A dupla Sandy & Junior volta a se apresentar depois de 10 anos

Depois que a dupla anunciou que faria várias turnês pelo Brasil, milhares de fãs ficaram exaltados e ansiosos, muitos deles sonhavam com esse momento há anos.

Como era de se esperar, conseguir um ingresso para assistir ao show da dupla está sendo tarefa árdua, muitos não estão conseguindo mais encontrar tickets a venda, e começaram a pipocar nas redes sociais reclamações por causa da velocidade com que os ingressos se esgotaram.

“Isso é um absurdo. Entrei na hora que começou e tem 50 mil pessoas na minha frente!”, esbravejou um deles. “Por favor, abram mais datas em São Paulo. Tem muita gente aqui!”, falou um seguidor.
“Sonho com esse reencontro há anos. Vocês têm que anunciar mais apresentações, eu peço de coração”, implorou outra pessoa na rede social.”

Não há previsões para novos shows além dos já divulgados.

Nesta sexta-feira, 22, começa a venda geral dos ingressos dos shows que rolarão por todo o Brasil.

Fonte: Caras Digital

Pombo é vendido em leilão por mais de R$ 5 milhões

ARMANDO FOI VENDIDO POR R$ 5,3 MILHÕES (FOTO: PIPA/ REPRODUÇÃO)

De acordo com a revista Galileu, um pombo-correio foi vendido nesta semana por 1,25 milhões de euros — cerca de R$ 5,3 milhões. Chamado de Armando, o animal é campeão de corridas e foi descrito como “o melhor pombo belga de longa distância de todos os tempos”, segundo a casa de leilões Pigeon Paradise (Pipa).

Em homenagem a Lewis Hamilton, piloto inglês de Fórmula 1 que já foi 5 vezes campeão do mundo, Armando ficou conhecido como “Lewis Hamilton dos pombos”

Armando é reconhecido por vencer repetidas vezes. Ele ganhou as últimas três corridas nas quais ele competiu, disputadas no Campeonato de Pombos Ace 2018 e na Olimpíada de Pombos 2019.

O POMBO-CORREIO ARMANDO (FOTO: PIPA/ DIVULGAÇÃO)

O esporte disputado por Armando é chamado de columbofilia, que nada mais é que a prática da criação, seleção e cultivo de pombos-correio para competição. De acordo com o presidente da associação local de entusiastas de pombos, Fred Vancaillie, Armando é um dos melhores pombos da história do esporte.

Segundo a Pipa, antes de Armando ser colocado à venda, o recorde de venda era de 376 mil euros — cerca de R$ 1,6 milhão. Em entrevista à BBC, Nikolas Gyselbrecht, CEO da Pipa, conta que quando uma pessoa no leilão fez o lance de mais de 1 milhão de euros “foi surreal, algo de outro mundo”. Para se ter ideia, o preço padrão de um pombo de corrida é de 2,5 mil euros, segundo Gyselbrecht.

Apesar de suas inúmeras vitórias, Armando vai ser aposentar das competições aos cinco anos. De acordo com Gyselbrecht, é provável que os novos donos usem o animal para reproduzir futuros pombos campeões.

fonte: Revista Galileu/BBC

Theresa May pede à UE uma prorrogação do Brexit até 30 de junho

Theresa May pede à UE uma prorrogação do Brexit até 30 de junho, uma vez que ela diz que o atraso é “uma questão de pesar pessoal” e exige que os parlamentares continuem com ele e mantenha o acordo antes que os eleitores percam a confiança no Parlamento.

Primeira Ministra Theresa May fazendo uma declaração sobre o Brexit em Downing Street esta noite.

Theresa May confirmou esta noite que está pedindo à UE uma prorrogação do Brexit até 30 de junho e implorou aos MPs que apoiassem o acordo antes que os eleitores perdessem a confiança no Parlamento.

Em uma declaração calorosa  esta noite, a Sra. May disse que era uma questão de “pesar pessoal” que ela não tenha conseguido implementar o resultado do referendo de 2016.

A sra. May foi criticada por ambos os lados da Câmara dos Comuns à medida que ela se esforçava para sustentar seu próprio futuro político e a saída da Grã-Bretanha da UE.

A primeira-ministra também atacou os deputados por não conseguirem avançar com o Brexit e disse que era hora de os políticos tomarem uma decisão.

Se nenhum adiamento ou acordo for acordado com a UE antes de sexta-feira, a lei diz que a Grã-Bretanha sairá sem um acordo.

Theresa May condenou os parlamentares por “olhar para o próprio umbigo”

Se o acordo de Theresa May falhar, a UE não descarta a possibilidade de oferecer ao Reino Unido um prazo mais longo, mas isso provavelmente virá com pré-condições, como um segundo referendo por exemplo. Por outro lado, eles poderiam escolher deixar o Reino Unido sair do bloco.

Homem gasta £ 660 em compras depois que ele entrou em pânico com o Brexit

Uma mulher chamou seu marido de “louco” depois que ele gastou mais de 600 libras em uma loja alegando estar se preparando para o Brexit.

Ele comprou 144 rolos de papel higiênico, pelo menos 14 garrafas de vinho e 50 latas de comida (Foto: PA)

Juliet East compartilhou no seu Twitter uma foto das compras que seu marido fez no mercado, que inclui 144 rolos de papel higiênico e mais de 50 latas de comida.

Depois de olhar as listas com as sugestões do que comprar para se precaver em caso da saída definitiva do Reino Unido da UE,  Tony Smollett fez uma compra online em um mercado local que totalizou £ 658,29.

Sua esposa disse que acha que ele está ficando louco (Foto: PA)

“Acontece o mesmo quando as pessoas enchem o tanque de seus carros com gasolina quando há escassez.” A perspectiva de um não-acordo com o Brexit aumentou na segunda-feira após o presidente do Commonwealth, John Bercow, decidir que o governo não poderia trazer o acordo de Theresa May para um terceiro “voto significativo”. ‘a menos que houvesse mudanças substanciais.

Theresa May pede adiamento do Brexit para UE

Theresa May se ve forçada a escrever aos líderes da UE nesta quarta-feira, 20 de março.

Theresa May “estará escrevendo para Donald Tusk em relação a uma extensão”, disse seu porta-voz. Foto: POOL Novo / Reuter

O governo sustentou até onde conseguiu que o Brexit poderia ir em frente como planejado em 29 de março ou depois de uma breve “extensão técnica”.

Mas depois que o presidente do parlamento, John Bercow, decidiu que a primeira-ministra não poderia colocar seu acordo no parlamento para um terceiro “voto significativo”, seu porta-voz admitiu que agora é tarde demais para sair com um acordo.

Ele disse que May escreveria ao presidente do conselho europeu, Donald Tusk, para pedir uma prorrogação do artigo 50, antes que os líderes da UE se encontrem em Bruxelas na quinta-feira. Ele se recusou a dizer quanto tempo demoraria para que ela pedisse, ou com que propósito, simplesmente insistindo: “Você vai ter que esperar que a carta seja publicada”.

Mulher compra armário azul e descobre 3 anos depois que era cinza

Uma mulher passou três anos frustrada por que seu armário azul não combinava com o resto de sua mobília.

Kayleigh Greer, 35, ficou chocada ao descobrir que seu gabinete era cinza depois de passar três anos lamentando o fato de que era azul

Ela ficou chocada ao descobrir que o azul era na verdade uma camada de película protetora que ela não tinha arrancado, na verdade o armário era cinza.

Kayleigh Greer, 35 anos, comprou o movel no verão de 2016 para usar como um suporte de TV no quarto dela e do marido Darren.

Kayleigh, 35, e seu marido, Darren, 48, estavam frustrados com o armário azul, mas disseram que tiveram que comprá-lo, já que era a única cor na loja

Ela disse que perguntou à loja se tinha outras cores, mas foi forçada a comprar o armário azul, já que era a única em estoque – apesar de não combinar com o quarto cinza e prateado.

O casal notou uma fita protetora ao longo do topo de cada gaveta, mas decidiu deixá-la no lugar.

Quando ela tirou o plástico azul, ela foi mostrar ao marido Darren que ficou chocado com o que descobriu

No entanto, no último fim de semana, Kayleigh estava fazendo uma faxina na casa e decidiu remover a fita.

Kayleigh, uma gerente nacional de vendas, começou a tirar a fita e saiu em um filme de plástico azul que havia sobre toda a cômoda.