Mulher se recusa a dar lugar para homem em cadeira de rodas em ônibus

Like and share

“Por que você não tira sua bunda da cadeira?” Uma mulher se recusou a dar lugar a um homem numa cadeira de rodas e causa confusão em ônibus

A cena aconteceu em uma linha de ônibus de Los Angeles, nos Estados Unidos. Uma mulher se recusa a ceder lugar para um homem que estava numa cadeira de rodas e as pessoas que estavam no ônibus ficaram revoltadas com a situação e comecaram a xingar a mulher.

A mulher se recusa a ceder o lugar e gera revolta no onibus

Um vídeo de celular feito por um passageiro que estava na parte de trás de um ônibus em Gardena mostra uma mulher sentada numa área reservada para pessoas com necessidades especiais, enquanto um homem estava numa cadeira de rodas esperando do lado de fora para entrar no ônibus.

Uma passageira grita com a mulher que se recusa a sair.

Vários passageiros furiosos tentam fazer com que a mulher saia do lugar, mas ela não se move

Um passageiro furioso diz à mulher: “Você está sem a razao”, e a mulher que se recusa a sair responde: “Eu não ligo!” O passageiro então responde de volta: “Eu sei que você não!”

O motorista do ônibus informa a mulher que ela precisa ceder o lugar para o passageiro deficiente, e que ela está ocupando um lugar reservado para pessoas com necessidades especiais.

O homem na cadeira de rodas esperando para entrar no onibus

Ainda assim, a mulher se nega a sair.

Uma passageira grita: ‘Por que você não tira sua bunda da cadeira? Você sabe que está errada.”

Outros passageiros chegam até a oferecerem seus lugares para a mulher, na tentativa de acalmar os animos e dar espaço para o homem com deficiência, que continuava aguardando do lado de fora do ônibus.

Cerca de 10 minutos se passa e o ônibus continua parado, enfurecendo ainda mais os passageiros.

‘Há um assento livre aqui! Você não esta vendo?!, Um jovem grita. ‘Você esta cega?! Você esta cega?!’

Então, um pastor a bordo do ônibus tenta encontrar uma solução – e sugere que a própria mulher também fosse deficiente fisica.

“Ela está incapacitada … deixe ir”, o pastor diz a todos calmamente.

Tony Vera, o homem que filmou a cena, disse à KTLA: “Ela parecia uma senhora de idade na minha opiniao”, acrescentando que a placa dizia que os idosos e pessoas com deficiência teriam prioridade na  área  reservada.

‘As pessoas estão bravas com ela, mas eu só acho … eu sou cego de um olho e tenho 59 anos- eu tenho artrite. As coisas começam a mudar quando você envelhece, me entende? Ela provavelmente também é deficiente” – continuou ele.


Like and share