Três pedófilos foram executados e expostos publicamente no Iêmen

Like and share

 

Imagens chocantes mostram os corpos dos três homens expostos em praça pública no Iêmen (Imagem: EPA)

 
Três pedófilos foram mortos e depois enforcados em um guindaste em plena praça pública no Iêmen depois de estuprar e matar menino de 10 anos.

Os homens, dois de 19 e um de 27 anos, foram baleados em público e seus cadáveres foram expostos na cidade de Sanaa.

O trio foi condenado por estuprar e assassinar um menino de 10 anos

Os homens torturaram a criança antes de sufocá-la e depois esconderam seu corpo em uma casa abandonada, segundo relatos no Oriente Médio.

Abdul Jalil al-Ashhab, 19 anos, Mohammed Said al-‘Uqri, 27, e Ghaleb al-Rashdi, também 19, foram executados por um pelotão de fuzilamento ontem. Seus corpos foram pendurados na cidade de Sana’a.

Imagens fortes mostram os cadáveres dos homens, vestindo macacões azuis, expostos em praça pública no coração da cidade, que é a maior do Iêmen.

Os três homens foram executados ontem na cidade de Sana’a no Iêmen (Imagem: REX / Shutterstock)

De acordo com relatos, eles foram baleados cinco vezes no coração. Seus corpos foram pendurados e permaneceram expostos para servir de aviso a quem  cometer crimes semelhantes. Os homens haviam cometido o assassinato em outubro passado, relata o Sputnik. O menino foi sequestrado enquanto se ia para a casa de sua avó, depois algemado e atacado em uma escola próxima.

Os homens foram condenados por estupro e assassinato do jovem. O sistema legal do Iêmen permite que as pessoas sejam mortas por tiros, enforcamentos e decapitações. Ontem, na Arábia Saudita, um homem que assassinou uma mulher foi decapitado, com o corpo exposto em uma cruz.

 

 

 


Like and share

Leave a Reply

Your email address will not be published.